sexta-feira, 8 de junho de 2012

Estréia com GPs

    Pois é amigos, depois de voltar do trabalho numa sexta-feira imprevista, vou tentar resumir minha estreia com GPs, mas sem antes dar um pequeno desabafo. Na quarta-feira fui teoricamante liberado do trabalho para hoje. Estava feliz por causa do enforcamento até que meu chefe me liga por volta das 22:30 falando que surgiu uma emergência e eu teria que ir na sexta. No caso hoje. E para completar hoje a demanda foi maior do que a esperada. Todo o setor foi liberado hoje. Menos eu e mais um. Foi de emputecer.
      Agora ao assunto central do post. Já fazia mais de um mês que alguns colegas de trabalho vinham me enchendo o saco para ir com eles a um inferninho, que eles descobriram recentemente, e que ficava a apenas duas quadras do prédio. Eu não me preocupei em vasculhar as redondezas. Nem mesmo no horário de almoço. Muito menos na hora da saída, quando estou com saco cheio de tudo e doido para chegar em casa, tomar banho e botar os pés para o alto. Para facilitar minhas escapadas estava o fato de meu horário de saída ser 17:00. O puteiro abre às 18:00 e esses meus colegas saem às 19:00. Então eu sempre falava que estava cansado e que não ia ficar duas horas à toa esperando.
      Mas aí teve uma sexta-feira que fiquei agarrado lá e só terminei meus serviços por volta de 18:30. Então acabei cedendo e aceitando o convite. Ainda mais que estava puto por ter acabado de passar por mais uma "sessão de tentativa e erro", com uma pretendente. Também estava curioso em ver como era o lugar. Eles sempre falavam que era divertido, mesmo sendo apenas "para zoar". Sem fazer programa.
      Chegando lá era um lugar parecido com uma boate. Um ambiente escuro e claustrofóbico. Parecido com as boates que frequentei algumas vezes durante a adolescência e que não me trazem boas lembranças. Mas como não estava muito cheio, consegui suportar bem. Algumas meninas começaram a me "oferecer o produto". Nenhuma me empolgou até ver uma loirinha que estava mais sossegada lá no canto. Fiquei até na dúvida e perguntei a meu colega se ela também "prestava serviços". Ele disse que sim e me apresentou a ela. Conversamos um pouco e ela conseguiu me convencer a fazer um programa. Ainda mais que maio foi o mês da minha primeira vez . Por isso costumo me sentir nostálgico nessa época. Além disso tenho uma tara por loiras. Incluindo a maioria das tingidas. Isso me estimulou a partir para dentro.
       Mas na minha carteira tinha uns poucos caraminguás, insuficientes para bancar a brincadeira. E não estava com o cartão de débito e/ou crédito. Então meu colega me fez um empréstimo, que posteriormente devolvi na primeira oportunidade, e fui para o quarto com ela. Durante e logo depois do programa foi aquele sensação de alívio. Mas no dia seguinte já veio aquela sensação de culpa. Aquela sensação de ter apelado, de ter trapaceado.
      Minha consideração final: não é para mim! Não vou me arriscar em dizer que nunca mais vou voltar lá, mas com certeza não retornarei tão cedo. Só quando e desespero voltar com força total. Podem me chamar de antiquado se quiserem mas depois de refletir bem isso me pareceu sexo mecânico e sem sentido, que não fez muito bem para a auto-estima. O objetivo continua sendo ter namorada, mesmo assumindo o risco alto e indesejável de ser corno.
      Fiz o meu relato. Espero que tenham gostado desse post "sai de rotina".
Até a próxima.

20 comentários:

  1. É... também nunca fui de curtir os inferninhos... aliás nunca paguei pra ter sexo, principalmente qdo era solteiro.

    Sempre gostei de ter relacionamentos, saber com quem estou me relacionando, mesmo q não fosse sério...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tb sou assim. Não sei se felizmente ou infelizmente, mas meu interesse é ter um relacionamento.

      Excluir
  2. E aí Mini, quanto pagou pelo serviço? Também não gosto de inferninho, de inferno já basta o meu emprego. Mulher tem q estar afim de dar, sexo pago pra mim não dá.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Mobral. Gastei 200. kkk meu emprego também está ainda mais infernal do que era antes. Muitas cobranças, muito estresse para pouco dinheiro.
      Eu não tenho a mesma mordomia que vc tem. Um "cardápio" variado com 8 possibilidades, com a certeza de pelo menos uma dessas 8 topar.

      Abraço

      Excluir
  3. Meninos..
    Opinião sincera: tenho tantas amigas solteiras , bonitas e inteligentes que estão loucas para achar um "par".. e que não são santas pois adoram frequentar sexys shops em busca de novidades..
    Eu acho que vcs deveriam prestar mais atenção em qum está do lado de vcs.. as vezes a guria ta doida pra tomar um chope com vcs e nada.. vcs preferem as GP´s.. meninos! Aloooouuu!!
    Tem mulherada de bom nível e solta por aí!..rsrss
    Investidor Mini, nem te conheço mas fico feliz que vc nao tenha gostado.. pq assim vc vai realmente valorizar qnd estiver do lado de alguem que nao te cobrará nada por uma noite maravilhosa, fará cafuné e de quebra, um café na cama.. e tb vai t fazer olhar mais para "o lado"..
    bjs , Jovem Investidora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nem sei o que responder pra você mas vou fazê-lo.

      Se existissem mesmo amigas solteiras, bonitas e inteligentes por aí loucas pra namorar ou fazer sexo, nós não procuraríamos GP's. De fato elas nem existiriam.

      Você não fala que essas suas amigas querem caras com grana, carro e que sejam playboys bonitos, com braços fortes, roupas da Calvin Klein, òculos da Ray Ban, família de nome.

      Nenhuma quer um pobre trabalhador fudido feio que nem eu. Isso vocÊ não fala, nem pro invesidor Mini que se ferrou tentando arranjar alguém e teve que recorrer pra GP.

      Você não entende nada do universo masculino.

      Excluir
    2. Concordo em parte com o que os dois disseram,então não vou me meter na discussão.
      Investidor Mini,meu único conselho pra você é:se não gostou,não volte.Tem homens que simplesmente não gostam de sexo casual(nada contra)e se fizerem isso sem gostar,vai ser o mesmo que jogar dinheiro fora.

      Excluir
    3. A questão é que só pelo fato de a mulher ser bonita já fica cheio de homens dando em cima dela... daí é aquela coisa, ela sabendo que "está podendo" vai ficar escolhendo... com certeza vai querer algo em troca pela beleza dela:
      - ou alguém que converse MUITO bem.
      - ou alguém que seja bonito.
      - ou alguém que tenha dinheiro.

      Se chegar um cara comum, como os outros caras comuns que ela já está acostumada que ficam dando em cima dela todos os dias, ela não vai querer.
      Tem que ser alguém que se destaque dos "caras comuns" em algum ponto... sejá a lábia, seja a aparência, seja o dinheiro (cada mulher atribui valores diferentes a cada um desses 3 atributos: umas preferem a lábia, outras a aparência, outras o dinheiro)...

      Excluir
    4. Jovem investidora, que pena que não terei a chance de conhecer suas amigas, se elas são assim mesmo como vc descreveu. No meu mundo não é bem assim que a banda toca. Ainda mais que já perdi a confiança depois de tantas rejeições. Já ando sem paciência com esse jogo da sedução. O peso vai todo para as costas do homem. Tem que ser isso, ser aquilo, falar assim, falar assado. To cansado. Enquanto a mulher só tem que ficar esperando. Não acho minha aparência tão ruim. Timidez é que me ferra.

      Rafael, acho que você tem razão. Dessa vez ainda valeu pela experiência. Mas se eu for de novo provavelmente vai acontecer o que você disse. Vou morrer numa grana sem nenhum benefício em troca.

      Excluir
  4. Olha você não tem que sentir que trapaceou, se foi bom, se vocÊ fez sexo, então isso é o que importa, está aliviado, não precisa ficcar mal por isso.

    ResponderExcluir
  5. IM!

    Sai fora disto, inferno é pro Diabo. A tentação aparenta ter gosto de mel, mas no final amarga como fel.

    Procure mulheres decentes. Não escute os derrotados.

    ResponderExcluir
  6. O wolverine já respondeu o que eu queria responder a jovem investidora.

    Pobretão, mulheres tem um alto poder de sedução até os 25 anos, e naturalmente vão escolher a dedo os melhores. O homem, entretanto, continua a acumular poder e experiência permanentemente. Por isso que elas adoram sair com um bando de homens enquanto jovens, e dificilmente não irão trair quando comprometem-se. No entanto, depois dos 25 elas querem compromisso, mas os homens estão experientes e não o querem.

    Mini, eu também não gosto de puteiro. Não gosto de boate também pelo mesmo motivo. Lugar pequeno, com fumaça de cigarro e artificial (não sei quem gosta daquilo!), escuro etc. Quando eu ia, eu sondava o ambiente em menos de 2 minutos e já escolhia uma pra levar pra cima. Mas quem gosta, deve ir mesmo! A relação com a garota de programa é na maioria das vezes muito mais honesta que com a garota que você considera "certinha"!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. FM, era assim mesmo.
      E foi nisso que pensei e que acabou me motivando a ir. Eu imaginei que lá seria algo mais transparente. Eu saberia desde o início que a mulher só iria para a cama comigo por causa do dinheiro mesmo. Não teria fingimento.
      Porém tem o fato da transa ser cronometrada, que não chega a ser broxante, mas gera ansiedade e atrapalha. Isso sem falar no cafetão que está de olho, do lado de fora.
      Não tem jeito, só vou ficar satisfeito com uma amadora. A ajuda profissional não surtiu muito efeito.

      Excluir
  7. Eu estava aqui pensando, esse negocio de GP deve ser muito comum. Em qualquer lugar que voce va voce encontra. Entao vamos la':

    O Brasil tem mais ou menos 100 milhoes de homens. Digamos que 10% frequentem as GPs, sao 10 milhoes de clientes. Digamos que esses frequentem uma vez a cada dois meses, sao 5 milhoes de clientes por mes.

    Vamos dizer que uma GP trabalhe 20 dias por mes e tenha 2.5 clientes por dia. Sao 50 clientes por mes.

    Seriam entao 100 mil GPs por este Brasil.

    Agora, sempre que voce vai num inferninho sempre tem mais de uma para escolher. Para ter excesso de oferta entao a populacao de GPs deve ser umas 200 mil.

    GP tem geralmente entre 18 e 28 anos, digamos que seja 10 % da vida total de uma mulher, entao existiriam no Brasil 2 milhoes de ex, atuais ou futuras putas.

    Como existem cerca de 100 milhoes de mulheres no Brasil cerca de 2% sao, foram ou serao putas. Uau!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deve ser por aí mesmo. E 2% é um número razoável.

      Excluir
  8. Caro Investidor Mini,

    Antes de mais nada, a trollada que não quer calar: se o que é mini em vc é o que estou pensando, quem ficou triste foi a GP... hehe

    A primeira vez que fui a um puteiro, fui na onda de amigos para a Vila Mimosa no RJ. Aquilo sim é o inferno na Terra, com mulheres banguelas oferecendo sexo oral por R$ 2,00. Não consegui sequer conversar com ninguém e fiquei traumatizado por um bom tempo.

    Porém, ao conhecer a lascívia de alto nível, onde se paga, em média, entre R$ 350 a R$ 800 para comer mulheres nível panicat, sendo que eu já paguei R$ 2.000 para comer famosas, atrizes pornôs e duplas, aí sim vi o que é fodelância de verdade, com mulheres que só o cara sendo muito endinheirado pra pegar sem pagar.

    O fato de ter mulher "honesta" solteira, jamais irá justificar deixar de transar com mulheres desse nível. Recomendo para todas as idades, solteiros, casados e mancebos iguais a vc.

    Vá uma termas de alto nível, nem que isso signifique sacrificar um aporte. Depois publique outro post e nos diga o que achou.

    Só uma dica: depois que o cara começa na putaria de alto nível, dificilmente ele consegue sair dessa vida... hehehe

    ResponderExcluir
  9. Falae Troll. Demorou mas chegou para trollar por essas bandas.

    Nada disso. De Mini mesmo só a saldo das aplicações financeiras. O que vc está pensando não chega a ser XL mas é bem mais do que mini, com certeza. A propósito, curiosidade suspeita a sua, hein!

    To fora de qualquer tipo de putaria paga. Seja alto ou baixo nível. Só fui uma vez de curiosidade e acabou. Agora só quero serviço "civil" ou "amador". Uma boa fonte de inspiração é o nosso amigo Zé Mobral, que come de graça sem grandes dificuldades.

    Até a próxima trollada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Zé Mobral tem a facilidade de ser professor, mas eu duvido muito que ele tenha alunas panicats. Todo homem tem o direito de comer uma mulher de alto nível. Recomendo, nem que seja uma única vez na vida.

      Excluir